Competências necessárias de um microempresário

Competências necessárias para ser um microempresário

Ser microempresário, ou começar o próprio negócio, exige um conjunto de aptidões e competências sem as quais será muito difícil ser bem-sucedido.

A boa notícia é que todas essas aptidões podem ser adquiridas.

Neste artigo vamos lhe indicar quais são essas competências e resumir cada uma delas. Poderá, posteriormente, obter mais informação sobre cada uma delas em artigos separados.

Estas são as competências necessárias para ser um microempresário:

Competências fundamentais para começar o seu negócio

Liderança

Como microempresário, será responsável por liderar e motivar uma equipa, por muito pequena que ela seja. É importante saber comunicar eficazmente e fazer com que os seus colaboradores sintam confiança nas suas decisões. Necessita de manter a equipa motivada e focada nos objetivos. Só assim poderá atingir níveis de produtividade elevados e fazer crescer o seu negócio.

Saber Organizar e Gerir

Gerir uma empresa exige capacidade de organizar e gerir tarefas e recursos de forma eficiente. É importante ser capaz de gerir o tempo de forma eficaz e tomar decisões sólidas sob pressão.

A gestão financeira é particularmente importante. Uma tesouraria equilibrada é fundamental para sobreviver a médio e longo prazo. Gerar cash-flows positivos, não deixa atrasar a conta corrente de clientes e manter um fundo de reserva adequado são aspetos que devem estar sempre presentes nas decisões de gestão que toma diariamente.

Saber Negociar e Comunicar

É importante ser capaz de negociar acordos vantajosos para a sua empresa, seja com fornecedores, clientes ou parceiros de negócios. Saber comunicar oralmente ou de forma escrita irá ajudá-lo a construir boas relações de trabalho. Toda a comunicação deverá refletir a imagem que quer projetar.

Saber Planear

Saber planear é, sem dúvida, uma das mais importantes competências necessárias para ser um microempresário. Começar um negócio significa que terá que gerir diversos projetos em simultâneo. Saber planear e utilizar os seus recursos da forma mais eficaz, incluindo dinheiro mas também tempo, e pessoas, vai ajudá-lo a atingir os seus objetivos.

Saber Resolver Problemas

Mesmo sendo exímio a planear, os problemas vão sempre aparecer. Um bom empresário deve estar preparado para ter que resolver problemas de diversas magnitudes, mesmo estando sob pressão.

Networking

Construir boas relações com parceiros de negócio, clientes, fornecedores e funcionário vai ser essencial para aumentar a sua rede que poderá suportá-lo em momentos difíceis. As associações empresarias são formas de melhorar a sua “rede”.

Conhecimentos de Marketing e Vendas

É importante saber promover os seus produtos e/ou serviços de forma eficiente. Disponibilizar um bom serviço pós-venda e ter um plano de marketing bem estruturado vai ajudar a gerar mais vendas.

Estas são apenas algumas das competências importantes para um microempresário. Pode ser útil desenvolver outras competências, dependendo do seu tipo de negócio.

Por fim, no Portal Ciberforma vai encontrar uma grande variedade de artigos e guias que o vão ajudar a desenvolver essas competências. Esperemos que sejam úteis.

»» O que ler a seguir: “Sabe qual é a diferença entre gestão de stock e armazenagem?

  • Dias Úteis por Mês
    Verifique os dias úteis, feriados e fins de semana para o ano de 2023. Saiba quantas horas vai efetivamente trabalhar e, aproveite a nossa oferta, descarregando a folha de Excel com os dias úteis por mês.
  • Como Organizar o Armazém
    Organizar um armazém implica criar um layout eficiente que maximize a utilização do espaço, racionalize o movimento de bens e pessoas, e torne fácil encontrar e aceder a itens.
  • Prazo Médio de Pagamento (PMP)
    O Prazo Médio de Pagamento, assim como o Prazo Médio de Recebimento, é um instrumento que nos ajudam a compreender o estado da tesouraria de uma determinada empresa.
  • Modelo Hook (Nir Eyal)
    O Modelo “Hook” é uma base estrutural para a criação de novos produtos que conseguem moldar os hábitos do consumidor. Foi desenvolvida por Nir Eyal no seu livro “Hooked”: Como Desenvolver Produtos e Serviços Que Criam Hábitos”.